sexta-feira, 31 de maio de 2019

Vida adulta

 
Eu sei, eu sei. 
Estou sumida aqui do blog por vários dias... mas é a tal da vida adulta. Essa correria de trabalhar até o sol se pôr e ainda depois ter que ir para a faculdade só parece legal quando se é criança. O trabalho é chato e exaustivo e cria uma rotina deprimente, já a faculdade só parece legal nos filmes americanos. 

A questão é que estou em semanas de provas, tentando arrumar tempo para estudar para as matérias. Não sei ainda quando volto definitivamente para cá, mas eu volto. Até lá... Quem ai faz/fez faculdade ou algum cursinho? 

E o que vocês tem a dizer sobre a vida adulta? 

Grande abraço!

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Resenha ITALIANA, pelo blog Versatilizando


Gente, me imaginem visitando o blog da Duda e tchan tchan tchan... dar de cara com uma resenha do meu livro Italiana. Gostei tanto das palavras dela, que as trouxe para cá também, então confiram:

Sinopse: Antonieta ao sair da Itália com sua família rumo ao Brasil não sabia o que esperar da terra verde ou quais aventuras poderia viver no navio. O futuro passa a ficar mais incerto ainda quando conhece Luca, o italiano de olhos azuis que não sairia nunca de sua mente, mesmo depois de estar nas fazendas cafeeiras e com um casamento arranjado por seus pais.
Seria o destino bom com Antonieta, ou com um final infeliz de forma arranjada?

Italiana é um daqueles livros que parece que estamos na casa dos avós escutando uma boa história enquanto tomamos café - ou chá -, e que tu imagina cada cena nos detalhes e por fim está completamente entregue de tão apaixonante que é a história.
Raphaela nos apresenta Italiana de uma maneira leve e muito bem escrita, aqueles livros gostosos de ler mesmo. A história conta sobre a crise na Itália, e como isso fez com que várias famílias viessem para o Brasil em busca de um futuro melhor. 
A família De Pauli foi uma entre tantas famílias que apostaram no novo e embarcaram nessa aventura rumo ao Brasil. Antonieta, Nita para os conhecidos, é uma menina doce e apaixonada pela família: seus dois irmãos mais novos, seu pai, e sua mãe, que está grávida.
A viagem duraria em torno de vinte e nove dias e isso faz com que a garota fique apreensiva com a viagem incerta; a viagem no navio lhe reserva várias aventuras e amizades, mas era impossível acalmar totalmente o coração devido ao futuro incerto nas novas terras e do receio  de que alguma doença se alastrasse pela embarcação, já que até uma simples gripe era muito perigoso para todos à bordo.
Durante a longa viagem foi inevitável não conhecer pessoas. Nita acabou se tornando grande amiga de Alessandra, uma garota que também viajava com a família. As famílias eram dividas pelos andares do navio devido as classes sociais, cada uma recebia um quarto. A viagem era bancada pelo Brasil, e a única certeza é que trabalhariam, provavelmente nas fazendas de café que estavam em alta. 
Luca surgiu na vida da menina de uma maneira divertida, e mudou muita coisa. O par de olhos azuis não eram a única representação marcante que Nita tinha sobre ele, ele tinha uma maneira especial de chamar a garota. E foi inevitável não se envolverem.
A viagem no navio rendeu uma paixão e amigos para a italiana. Mas como nem tudo são flores, ao chegar no Brasil cada família é encaminhada para a respectiva fazenda que irá trabalhar, e com isso Nita se separa de Luca e Alessandra. 
A chegada na fazenda de café trouxe uma nova vida para a família, e com o tempo Antonieta aprendeu a guardar memórias no coração e a viver novas experiências, que incluem um casamento arranjado.
Quanto tempo o destino leva para unir dois corações apaixonados? Quão bom o destino é, para não permitir um casamento arranjado?

quarta-feira, 8 de maio de 2019

"Vambora"


Hoje em dia quando ligamos o rádio ouvimos tanta música estrangeira que ás vezes até nos esquecemos da boa e velha música popular brasileira. Ainda temos algumas opções na rádio Nova 103.7, que hora ou outra toca MPB e algumas músicas muto boas internacionais. 

E pensando nisso eu trouxe aqui a letra de uma música que eu gosto muito da Adriana Calcanhoto "Vambora"

Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
Pra mudar a minha vida
Vem, vambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva
Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da Noite Veloz

Ainda tem o seu perfume pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Na Cinza das Horas

O bom da música popular brasileira que não é só melodia e palavras bem arranjadas na música, é também poesia. É algo que mexe dentro de nós. 

Vocês gostam de MPB? Tem alguma música preferida? 


segunda-feira, 6 de maio de 2019

5Rs

 
A pegada ambiental está cada vez mais forte e presente em nossos cotidianos, o que me deixa muito feliz, e o ambiente mais ainda. Temos muito o que melhorar? Com certeza, mas entre o “nada” e o “alguma coisa”, nós temos alguma coisa. E por esse motivo trouxe aqui para o blog um conceito que está ficando cada vez mais conhecido: 5Rs. 



RECICLAR: Faça coleta seletiva na sua casa, seus resíduos serão reciclados e transformados em outros produtos. Ao reciclar economiza-se energia, recursos naturais, contribui para a redução da poluição e prolonga a vida útil dos aterros sanitários.
REPENSAR: Antes de efetuar qualquer compra reflita se é realmente necessária tal aquisição, se você não está comprando por impulso, talvez você até consiga reaproveitar algo que já possui. Avalie quais os danos este produto causa ao meio ambiente ou à sua saúde.
REUTILIZAR: Dê uma nova vida para matérias que já foram utilizados. Doe roupas que você não usa mais, conserte o que estiver quebrado como eletrodomésticos e móveis. Use sua criatividade, resíduos de plásticos, papéis, metal, madeira, entre outros, podem ser utilizados no artesanato virando lindas peças de decoração.
RECUSAR: Recuse produtos que vem em embalagens de plástico, prefira as recicláveis como de vidro e metal ou as biodegradáveis. Utilize ecobags ao invés de usar a sacolinha plástica do mercado. Prefira as mercadorias de empresas que tenham compromisso com o meio ambiente.
REDUZIR: Reduza seu consumo, o barato às vezes sai caro, por isso adquira produtos de qualidade e com maior durabilidade. Outras formas de reduzir são: preferir alimentos a granel, levando seu próprio recipiente, utilizar lâmpadas LED, usar pilhas recarregáveis, etc. Desta forma além de ter uma economia, você reduz o seu lixo.

E se ainda está em dúvida entre aplicar esse conceito ou não, que tal dar uma olhada na figura abaixo? Todos nós podemos fazer do mundo um planeta melhor para nós, nossos filhos, netos, animais, insetos, aves e tudo o mais que virá nos próximos milhões de anos.
 

quinta-feira, 2 de maio de 2019

[Diário de uma vegetariana] Produtos Veganos


Não é nenhuma novidade que há pouco virei vegetariana e também não tento fazer ninguém virar, a consciência é de cada um, mas já que está tão na moda (graças a Deus) falar sobre consumo consciente, porque não então optar por produtos que causam menos impactos no ambiente e para os animais? 
Muitas pessoas dizem que gostariam de parar de comer carne, mas não conseguem abandonar o bom e velho e bacon. Então que tal escolher shampoos, cremes e sabonetes veganos? 

"Ah, mas é muito caro"

"Não sei onde comprar" 

"Mi, mi, mi"

E para todos os mais blá blá blá que vierem, trago aqui para a postagem de hoje uma marca que tem uma linha vegana, acessível em preço e na forma de comprar: NATURA EKOS. 
A Natura além de ser uma marca que não testa em animais, criou sua linha vegana, onde há diversos produtos feitos com as nossas frutas brasileiras.  
E caso ainda não tenha aquela tia ou vizinha que venda Natura, não se preocupe, existe loja online agora. Basta comprar que você já vai receber os produtos em casa. 


Já comecei a usar os produtos da linha EKOS e até agora não me arrependi. Aos poucos vou comentando aqui no blog sobre os produtos que utilizo e quais são meus preferidos. 



E vocês, já conheciam a linha EKOS? Usam algum produto vegano?