quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

2012



Na noite do dia 31, vou olhar para o céu e me lembrar de tudo que vivi nesse ano: as mágoas, os sorrisos, as lágrimas, as decepções, as burradas, as idiotices, as alegrias, as surpresas, as histórias, os amigos que fiz e os que perdi, os momentos bons e os ruins. E não vou me arrepender de nada. Pois foram todos esses momentos que fizeram com que esse ano valesse a pena.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal !


FELIZ NATAL!

Natal.


Casas enfeitadas, famílias reunidas e crianças felizes. Mais uma vez chegou o natal. Mesas fartas de comida e todos alegres. Quase todos. Este ano faço um pedido especial ao papai noel: ajude os pobres e menos desafortunados. As crianças sem um lar certo. Os animais na rua. Dê algum tipo de presente a eles, traga um pouco de felicidade e não deixe eles excluídos desta data. Faço esse pedido ao papai noel, que na verdade não passa de um homem fantasiado. Então meu pedido vai para os homens, que lembrem-se de que o Natal não é apenas uma data comemorativa feita para comer, beber e ficar acordado até tarde, e sim uma data em que se deve ter amor, compartilhar o que tem, pensar no próximo e ajuda-lo, agradecer e retribuir, dar esperança e ter esperança. Desejo a todos um Feliz Natal. 

sábado, 17 de dezembro de 2011

Viver.


Que as pessoas saibam falar, calar e acima de tudo ouvir. Que tenham amor ou então sintam falta de tê-lo. Que tenham ideal e medo de perdê-lo. Que ame o próximo e respeitem sua dor para que tenhamos certeza de que viver vale a pena... A vida tem prazo de validade, por isso perdoe rapidamente, beije demoradamente, ame verdadeiramente, ria incontrolavelmente. Nunca deixe  de vibrar por mais simples que seja o motivo. 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Dezembro de 2011


Esperar. Coração a mil. Movimentos na coxia. A luz se apaga e logo acende. A musica começa a tocar: hora de entrar no palco. Respiração acelerada, coração "saindo pela boca" e o máximo de concentração. Agora não é hora de errar. Deixo a musica me levar, movimentos leves e precisos. Sorriso no rosto. Logo fico mais calma, é tão bom estar ali no palco. A musica vai acabando, a luz se apagando e finalmente: aplausos. Missão cumprida. Na coxia, todos sorriem um para o outro, querendo dançar novamente. E assim foram minhas noites, onze e doze de dezembro, de 2011.

P.S: eu não danço de ponta.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Te amo.


Esta noite, eu queria estar ai contigo. Te abraçar e dizer que tudo vai ficar bem. Fazer você desabafar, colocar pra fora tudo o que está preso dentro de você. Secar suas lagrimas e amenizar sua dor. Ficar ai contigo, como se não houvesse o amanhã. Fazer você respirar fundo, te reconfortar. Eu sei que essa noite não vai ser fácil. Mas calma que tudo se ajeita, tudo se encaixa. E depois, iria fazer carinho em você, até você dormir. Até você adentrar no inconsciente e esquecer a dor. Se desligar do mundo real. Só queria dizer que tudo vai ficar bem, ta? E que... te amo.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Ferias


"São três meses de ferias que passam de pressa, curtir é a prioridade. Temos que aproveitar bem então vamos nessa, mas tem que rolar novidade [...]" - Phineas e Ferb

Ah, como eu queria poder acordar tarde, tomar café e ir para casa de alguma amiga minha brincar. Trocar de roupa as bonecas, fazer vários penteados. Ficar até tarde em frente de casa com a turma brincando de bola, pulando corda, pega-pega, esconde-esconde, até ouvir minha mãe gritar que está escurecendo e que é para mim entrar. Seria tão bom. Seria. Agora minhas férias se resumem em trabalho e o mais divertido que chega é: livros, casa das amigas no final de semana ou algum rolê á noite. Não que isso seja legal, porque é, mas sinto saudades do tempo em que minha unica preocupação era olhar para os dois lados da rua para ver se não vinha carro para eu ir pegar a bola que estava no meio da rua.

domingo, 27 de novembro de 2011

TIC-TAC


O tempo está passando rápido demais. E isso me assusta. Coisas que aconteceram a meses parecem simplesmente terem acontecido semana passada. O que decorreu nesse tempo tão longo que eu mal me lembro? Será tudo isso normal? E o que está por vir, será que vai demorar? O futuro parece cada vez mais próximo. São tantas perguntas em minha cabeça, e tão poucas respostas.
Tenho medo do que está por vir, me assusto com a rapidez das coisas. 
Quero achar todas as respostas, sentir-me feliz com as descobertas. 
E para achar as respostas de todas essas questões, preciso apenas viver

domingo, 20 de novembro de 2011

Livros.


Ela era capaz de ficar mergulhada horas em um livro. Sentindo cada emoção dos personagens. Pulando de alegria no primeiro beijo e querendo bater no escritor quando algo muito ruim acontecia. 
Para ela os livros parecem muito mais legais que a realidade, na verdade são. Tem tantas aventuras, tantas emoções e, na maioria dos livros, um final feliz que toda garota um dia quer encontrar. Que ela deseja encontrar. Ah, é tudo tão maravilhoso nos livros, as historias surpreendentes, mesmo que não sejam reais, despertam coisas boas na gente fazendo nos querer saber cada vez mais e quando damos conta, estamos na ultima pagina do livro querendo ler o próximo da serie.
"Os livros são as chaves para outros mundos, mundos mais legais e divertidos sem guerra, sem fome, sem destruição e, na maioria das vezes, com um final feliz." 

sábado, 12 de novembro de 2011

Afraid


Tenho medo. Tenho medo do incerto, das duvidas... do futuro. Do que ele pode trazer e principalmente do que ele pode levar. 
Tenho me de deixar quem eu amo triste, de magoar alguém especial, de iludir e de ser iludida. 
Mas apesar de tudo não deixarei que o medo roube meus sonhos, pois os sonhos movem as pessoas, pois os sonhos motivam as pessoas, pois os sonhos dão esperança.

"Se você pode sonhar,
então pode fazer seus sonhos 
virarem realidade também" -Walt Disney

domingo, 6 de novembro de 2011

Não é normal - Nx Zero


Por que toda vez que você sai
Parte de mim também se vai
Isso não é normal

Saiba que um dia sem você
É uma eternidade para mim
Isso não é normal

Então você me disse
Nunca vai dar certo é, eu te respondo
Tem que confiar em mim
Mais uma vez, sei que errei
Não jogue fora, algo assim tão bom
Prometo que essa é a última promessa
E se depender de mim você nunca mais vai, sofrer
Não quero te perder, mais uma vez

Por que toda vez que você sai
Parte de mim também se vai
Isso não é normal

Saiba que um dia sem você
É uma eternidade para mim

O tempo todo, o tempo todo é tempo demais
Não é pra sempre, o pra sempre sempre se vai
Nem tudo que acaba, tem final


quarta-feira, 2 de novembro de 2011

P.S: te amo


Noites frias, o vento bagunçando meu cabelo e... você. Você me abraçando, fazendo minha mão ficar quente. Perguntando como havia sido meu dia, tentando me deixar mais feliz, fazendo me sorrir, e eu falando de coisas banais, piadas, tentando te deixar mais feliz. Eu confiava em você, e apesar de tudo acho que ainda confio. E não importa quantas coisas você faça, ainda vou te amar. E me dói, pra caralho ver você enrolando com ela ao invés de estar me protegendo do frio. E você disse que ia fazer algo a respeito e até agora não vi nada. Mas acho que agora nada importa mais, creio que ambos se acostumaram com essa nova rotina e o orgulho não fica de lado. Mas mesmo assim, queria você lá, do meu lado, me fazendo rir. Mas querer não é poder. E sabe o que mais me dó? É ver que nada do que digo ou faço tem algum resultado em você. É ver que você não liga, não dá a minima. Quando as pessoas diziam que ser deixada de lado, esquecida, doía eu não sabia que machucava tanto. Pois é, mas como disse, agora nada importa, nada adianta. Foram bons momentos e como tudo que é bom: acabou. Só espero que esteja feliz, seja lá onde você está, seja lá com quem você está. P.S: Te amo.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Hipócritas


As pessoas estão me estressando. Todos falsos e hipócritas que só sabem julgar. Todos iguais, mas uns mais iguais que os outros. Quando digo todos quero dizer a grande maioria dessa merda de sociedade. Cada vez mais as pessoas me impressionam com suas babaquices, fofocas, intrigas e historias mal contadas com desculpas esfarrapadas. Há sociedade me cansa com suas mesmas conversas rotineiras, mesmos assuntos, um tentando se aparecer mais que o outro, numa disputa que nunca tem fim. São poucos os que se destacam, e os bons, eu sei quem são. 

domingo, 16 de outubro de 2011

Diferente


Sou eu, a Rapha, a mesma Rapha. Talvez um pouco mais retardada, um pouco mais criança e mais madura ao mesmo tempo. Sou ainda aquela Rapha que tu conheceste, talvez agora mais sábia, com um novo jeito de olhar o mundo e pensar, com um novo jeito de fazer perguntas e achar respostas para elas. A mesma Rapha, um pouco mais diferente, mas ainda sou eu. O fato é que mudei, diversos foram os motivos. Na verdade todos mudam, cada um tem seu motivo. Mudar ou não, ás vezes você nem tem escolha... Mas sempre que mudar não perca o que você tem de melhor, seja o seu melhor o que ás pessoas consideram defeitos, "porque no final das contas, tudo isso define quem você é"

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Feliz dia das Crianças


(Na foto está eu e meu primo Marcio brincando num parquinho que havia perto da casa da minha vó)

Ah, velhos e bons tempos. Eu era tão feliz, não que eu não seja agora, mas naquela época eu era mais; não tinha preocupações, contas para pagar, garotos em que pensar, roupas à escolher... Tudo é tão novo e estranho agora, uma confusão total, mil e um pensamentos ocupam minha mente. Ai ai, ser adolescente é tão complicado e tão... excitante ao mesmo tempo. Porém se eu pudesse ter um dia novamente de minha infância eu com certeza gostaria de ter. Iria brincar até não querer mais, correr até minhas pernas protestarem, iria rolar na areia sem me preocupar, andaria descalça para cima e para baixo, pentearia o cabelo de minhas bonecas, iria brincar de pega-pega, esconde-esconde, passa anel, telefone sem fio, batata quente e muito mais brincadeiras que as crianças de hoje desconhecem.
Bem, hoje desejo a você criança e a a você que não é criança mais queria um presente, um Feliz dia das Crianças, aproveite muito essa linda fase da tua vida. 

domingo, 9 de outubro de 2011

La Tour Eiffel


Estava eu e mais três amigas minhas, entramos na fila, e ficamos conversando de boa. E a cada minuto que passava chegávamos mais perto da nossa vez. Uma hora e meia na fila, mas valeu a pena. Quando chegou nossa vez, fomos correndo sentar, respirei fundo e prendi a trava de segurança, agora não tinha mais volta. E enquanto aquele brinquedo subia eu me perguntava: Por que diabos eu tinha sentado no brinquedo? O que me deu na cabeça em querer vir nisso? E quando eu pensei que o brinquedo já estava chegando no topo, olho para cima e vejo que ainda falta metade. Meu coração está acelerado, minha respiração razoavelmente desregular e minhas mãos não param de tremer. A vista é, sem duvida alguma, maravilhosa. E finalmente chego lá em cima. Dou uma ultima olhada na paisagem e fecho meus olhos e seguro com todas as forças no colete e de repente ele despenca. Uma altura de 70 metros há 85km/h em apenas 4 segundos. Nem tempo de gritar dá, e quando você for ver, já chegou lá embaixo de novo. Foi bom, sensacional, maravilhoso, e logo quero ir de novo no La Tour Eiffel.

domingo, 2 de outubro de 2011

Turbilhão


E poderia eu escrever inúmeras palavras sobre que está acontecendo comigo agora, poderia escrever um pequeno livro com todos os detalhes, mas tempo e paciência me faltariam, então coloco aqui em poucas palavras um turbilhão de sentimentos e acontecimentos recentes de minha vida. 
Coisas novas acontecem comigo, sabedoria adquiro, meu campo de visão se abre, e... tenho medo de tudo o mais que pode acontecer. Tenho medo de tudo o mais que podem fazer. Os humanos cada vez mais me assustam com suas maquinas, cada vez mais coisas me assustam. Mas não temerei, pois o medo adora roubar sonhos, e uma pessoa precisa de sonhos para viver, precisa de sonhos para poder voar
Sinto saudades de ir de tarde na casa das minhas amigas brincar de boneca, sinto saudades da minha infância, agora tudo se resume em: trabalho, escola e dança. 
Droga de lei da natureza, não poderiamos sermos todos crianças para sempre sem nos preocupar com as contas do fim do mês? Não, não poderíamos. Já que não podemos, aproveito minha adolescência o máximo que posso, afinal, ninguém sabe o que o futuro nos reserva. 

quarta-feira, 21 de setembro de 2011




Ela era capaz de ficar horas parada, mergulhada em pensamentos.
Separando o certo do errado, analisando o oposto.Decifrando o indecifrável, corrigindo o que já não tem mais solução.E o melhor de tudo, não chegando a conclusão nenhuma.

domingo, 18 de setembro de 2011

Valor


Se tudo na vida fosse só alegria, as pessoas não dariam valor a felicidade... As vezes é preciso chorar para sabermos o quanto é bom sorrir, é preciso sentir saudade para saber o quanto gostamos  de alguém. Quando temos tudo, nada parece ter valor. 
A vida é um "antes", um "durante" e um "depois", por isso viva o hoje, esqueça o ontem e deixe Deus decidir o amanha. 

domingo, 11 de setembro de 2011



 É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles te foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim um recomeço ..


Reflita

(Por favor, não divorcie meus pais)

Você não precisa ser a favor, ou contra, só precisa respeitar
Reflita.

domingo, 4 de setembro de 2011

Eclipse


Coisas demais me acontecem e palavras me faltam. Ultimamento cada hora estou de um jeito, com um sentimento diferente. Há um eclipse dentro de mim difícil de ser explicado. 
Amigos, vejo agora que tenho poucos, conto nos dedos até, apenas três, e esses três que tenho estão sempre me ajudando, dando conselhos, oferecendo um ombro amigo e abraços. 
Tempo me falta para tudo, para escrever, postar, ler, conversar, sair e até dormir creio. Mas vou me acostumando. Afinal tenho que crescer, amadurecer mais para logo fazer parte da floresta de pedra, do mundo dos adultos. Só espero que quando eu for adulta, lembre-me de como é ser criança, adolescente, de como é se preocupar com coisas banais e rir de qualquer piada. Espero nunca esquecer quem eu sou realmente nesse mundo que está cada vez pior. 

sexta-feira, 2 de setembro de 2011


Nunca desperdice seu tempo de hoje relembrando o que aconteceu ontem, ou imaginando o que vai acontecer amanha. Cada minuto da sua vida é único, seja bom ou ruim. Jamais haverá outro igual.
Por isso nunca pense naquilo que acabou, mas sim naquilo que valeu a pena enquanto durou.

domingo, 28 de agosto de 2011

Perfeição


A perfeição não existe. É um sentimento imaginário, que surge em corações apaixonados e desesperados por carinho e afeto. 
Esse é o grande segredo de amar: enxergar a perfeição onde ela não existe. 

Henrique Dias

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Jazz


Movimentos graciosos e leves. Postura alinhada. Posições que pensei que jamais faria. E logo, logo meu corpo está na batida da musica. No ritmo certo. Como se a musica fizesse parte de mim e eu parte da musica. 
Um passo para lá, outra para cá, e logo, logo uma coreografia está montada. 
Energia entra e saí de meu corpo. Esqueço meus problemas. Naquela sala só existe eu e a musica, a musica e eu. Concentração, hora de respirar fundo e começar a dançar como se não houvesse depois.
Dançar algo, chamado Jazz.

domingo, 21 de agosto de 2011

Ilusão



"Lá estou eu em mais uma mesa com risos pela metade. Olho pro lado e sinto uma saudade imensa, doída, desesperançada e até cínica. Saudade de alguma coisa ou de alguém, não sei. Talvez de mim, de algum amor verdadeiro que durou um segundo... Meus amigos me adoram. Mas será que eles sabem que se eu estou morrendo de rir agora, mas daqui a pouco vou morrer de chorar? E eu, mais uma vez, olho para o lado morrendo de saudade dessa coisa que eu não sei o que é. Dessa coisa que talvez seja amor. Odeio todos os amores baratos, curtos e não amores que eu inventei só para pular uma semana sem dor. A cada semana sem dor que eu pulo, pareço acumular uma vida de dor. Preciso parar, preciso esperar. Mas a solidão dói e eu sigo inventando personagens. Odeio minha fraqueza em me enganar. Eu invento amor, sim e dói admitir isso. Mas é que não aguento mais não dar um rosto para a minha saudade. É tudo pela metade, ao menos a minha fantasia é por inteiro.. enquanto dura. No final bruto, seco e silencioso é sempre isso mesmo, eu aqui meio querendo chorar, meio querendo mentir sobre a vida até acreditar. E aí eu deito e penso em coisas bonitinhas. E quando vou ver, já dormi."

"E então, logo começo a pensar no meu ultimo amor, se realmente iria dar certo e bate a saudade. Ai aparece mais um rostinho bonito, que parece ser perfeito também, e lá vou eu naquela velha historia de me apaixonar e me fuder no final. Naquela velha historia de achar que tudo vai dar certo, que tudo vai ser como um livrinho para crianças em que fada madrinha existe. 'Aquela velha historia' que vai acabar novamente comigo na cama, com saudade e pensando em coisas bonitinhas. E quando vou ver, já dormi"

Obrigado Thallyta por ter me inspirado a escrever esse post (:

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Monster


 Eu não entendo como tem gente que pode machucar um animal desses. Não entendo como pode dar falsas esperanças de um lar e depois jogar o animal na rua, para que morra de fome, ou de doença, ou por atropelamento ou de tristeza e depressão.  Tudo bem que tem pessoas que não gostam de animais, mas fazer crueldade já é demais.  Logo a aquele que só quer o bem do dono, que vai ser fiel até o dia de sua morte e que vai ama-lo incondicionalmente até seu ultimo sopro de vida.  Como algum humano pode querer machucar um animal, que mesmo depois de você brigar com ele, vem abanando o rabinho de felicidade? Já sei, porque pessoas assim não tem coração, e que não tem coração não é humano, e quem não é humano só pode ser um monstro.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Velhos tempos


Estava aqui com meus botões a pensar o quão difícil é nos desapegar de coisas que fizeram parte de nossa vida. Seja um brinquedo que tanto brincamos quando eramos crianças ou uma roupa que adoramos. Coisas que cuidamos com tanto carinho, não deixando quebrar, temos que dar embora, passar adiante, dar para alguém mais necessitado e é nessa hora que dá um aperto no coração e você relembra os bons momentos que passou com aquilo, e vê que já não é a mesma pessoa daquela época, que você cresceu, amadureceu, ganhou novas responsabilidades, e então, você sente saudade. 
Ironia não? Quando somos crianças queremos crescer logo e quando crescemos queremos voltar a ser criança. Mas, querer não é poder e a lei da vida é predominante: Nascer, Crescer, Morrer.
E enquanto crescemos, levamos saudades de velhos tempos, velhos e bons tempos

sábado, 6 de agosto de 2011

Maravilhoso


Não somos o que somos por acaso, todos nós somos do jeito que somos porque temos uma historia. 
E cada pessoa tem há sua.
Podemos ser de um jeito e logo depois mudar porque algo aconteceu ou simplesmente mudar para impressionar alguém. 
Mas não importa quantas vezes você mude, nunca perca o que você tem de melhor, porque isso pode fazer você ser especial, e ser especial é maravilhoso. 

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Felicidade


A felicidade está em pequenas coisas, em simples gestos.
Afinal, se você der uma bala há uma criança, ela irá sorrir. 
Sorrir não é tão difícil assim, e ser feliz também não.  

P.S: Gente linda desculpa não estar postando com frequência, é que agora eu estou trabalhando, mas prometo que sempre que tiver um tempinho posto alguma coisa.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

God


Deus nem sempre vai responder as suas orações com "sim" ou "não".
Às vezes, a resposta é "espere".

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Olá lindo e queridos leitores (:
Peço mais uma vez 1001 perdões por estar demorando a postar. Textos não vem a cabeça, ideias não surgem, e tempo não é algo que eu tenho sobrando.
Se alguém ai tiver alguma ideia, ou sugestão sobre algum post, por favor comunique-me através de um comentário ou no meu e-mail/msn: mylife-rapha@hotmail.com

Beeijinhos a todos e mais uma vez desculpas ;*

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Lembranças


E são raros os dias que eu não penso em você, mesmo depois de tudo, mesmo depois do fim. E sei que você ira passar muitas e muitas vezes ainda na minha cabeça. Porque a vida é assim mesmo, e nós somos feitos de lembranças, ora boas e ora ruins, tentando esquecer algumas e reviver outras.

domingo, 17 de julho de 2011

Semana Harry Potter



J.K Rowling, obrigado por ter me dado uma infância maravilhosa, cheia de aventuras,  bruxaria e magia. Obrigado por ter me mostrado que o amor é a arma mais poderosa que existe. Muito obrigado mesmo,
por tudo.

sábado, 16 de julho de 2011

Semana Harry Potter


Magia. Uma verdadeira magia. Como falar o quanto amo o garoto-que-sobreviveu? Como falar a importância deles em minha vida? Isso não é só uma historia, isso é uma vida… minha vida… nossa vida. Para você que esta de fora pode parecer que estamos exagerando, mas não. Não estamos, agente ama. Agente passou com ele o tabuleiro bruxo. Derrotamos o basilisco. Corremos contra o tempo para livrar Sirius. Passamos por três provas, caímos em um cemitério e lá vimos a volta do Lorde. Invadimos o ministério e lá choramos pela morte de Sirius. Fomos juntos para as memórias de Dumbledore, juntos estudamos a vida de Tom Riddle e juntos vimos a morte de uma grande bruxo. Fomos todos juntos em busca das Horcrux, destruímos juntos o diário de Tom, o anel de Servolo, o medalhão de Salazar, a taça de Helga, o diadema de Rowena e a Nagini. Vimos Lorde Voltemort cair morto. Vimos a vitoria do menino-que-sobreviveu… se me perguntarem o que velarei disso para minha vida. Vou levar para minha vida toda que quando você estiver amigos, família… amor você passa por tudo. Amor é um sentimento que muitos não acredita… continue não acreditando, que você vai cair. Sem o amor, amigos e família não vamos em lugar nenhum.  Quem não se emocionou a cada minuto, a cada livro, a cada filme? Quem não chorou pelas morte de Sirius, Dobby, Cedric, Dumbledore? Quem não ira chorar nas mortes que estão por vir? Então eu quero é agradecer J. K. por nós dar esta viagem, viagem para um mundo diferente, um mundo mágico… em que muitas vezes sonhamos e na verdade existe…. em nossos corações.Nunca vai acabar a magia, nunca vai acabar o amor. Por que acreditamos.Pode o fim chegar… mas o fim do amor por todos os bruxos, nunca ira acabar.
 Obrigado J.K Rowling. 

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Semana Harry Potter


É apenas o começo de uma lenda. Uma lenda que foi real para muitos. Onde Hogwarts foi nosso lar por algumas horas. Harry Potter para alguns é apenas um filme comum, para mim é um filme mágico, onde a magia existe literalmente.

Quem nunca teve medo da floresta negra? Quem nunca torceu para Grifinória no jogo de Quadribol? Quem nunca se admirou com a inteligência da jovem Hermione Granger, com a coragem de Harry Potter e com Rony Weasley por ser um amigo tão leal.
Rimos, choramos, lutamos cada batalha. Como se tivéssemos em mão aquela varinha mágica escolhida no Olivaras.
Mais começando, quem nunca quis estudar em Hogwarts? Me lembro de quantas vezes eu ficava encantada com cada historia, era como se eu quisesse fazer parte de cada uma delas. Era como se eu quisesse lutar cada batalha.
Harry Potter me ensinou acima de tudo que o amor supera tudo, que existe o mal mais que os bons são maioria, que as nossas escolhas determinam quem somos. Me ensinou que a amizade verdadeira existe que existe algo pelo qual vale apena lutar.
Me mostrou também que aqueles que nos amam nunca nos deixam de verdade e que nunca estamos sós , porque existe e sempre vai existir um alguém que se importa. Eu poderia destacar também que a sempre uma solução mesmo que tudo pareça perdido. Há sempre uma luz ou quem sabe seria ‘’ Lumos Maxima ‘’ Acredito que vocês potterianos sabem exatamente de tudo isso que eu estou falando. Sabem o quanto aprendemos com esse filme, ou melhor, com essa historia, com essa mágica historia.
Talvez seja horrível ter que admitir que isto seja o fim, que tudo acaba no dia 15 de julho de 2011 mais na verdade não é o fim, como eu disse é apenas o começo de uma lenda. De uma historia. De uma magia. E eu posso dizer que poderá passar quanto tempo for Harry Potter sempre terá um lugar na minha vida.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Semana Harry Potter



A ultima cena de Harry Potter:

“Ok pessoal, estão prontos? E ação”. Disse o diretor
Emma fechou os olhos e mais uma vez se deixou perder no mundo de Harry Potter.
“E CORTA”, as câmeras se desligaram e a cena se congelou.
Produtor: “Harry Potter and the deathly hallows: Part II. oficialmente completo.
Emma sentou-se no castelo de Hogwarts. Ela olhou para cima com um fraco sorriso no rosto. Daniel estava em seu lugar, congelado. E Rupert estava atordoado olhando em volta sem entender.
Os membros da equipe aplaudiram bem forte, BOM TRABALHO RAPAZES, os chamando para fora.
Emma se levantou e correu tão rapido quanto suas pernas a permitiam e alcançou Daniel. Ela o abraçou forte, as lagrimas caiam. Rupert caminhou desajeitado ao encontro deles e Emma envolveu um dos seus braços ao redor dele. Um abraço em trio.
Ficaram assim por um momento. Emma lembrou-se da primeira vez que filmaram juntos.
“Você esta fazendo um feitiço? Bem, vamos ver então?” disse Hermione (A pedra Filosofal)
Daniel se rompeu em lágrimas, e gritou junto com ela.
Então Rupert…
“Rupe, você esta chorando” Emma sorriu, ainda soluçando.
Rupert Grint, o calmo, estava chorando.
Emma estendeu a mão e enxugou suas lágrimas: “Não é o fim, nem por isso”

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Semana Harry Potter



Eu juro solenemente que não vou fazer nada de bom
Está cada dia mais perto do fim e eu ainda não acredito que esse dia tenha chegado tão rápido. Não sei se estou preparada para minha ultima viagem a Hogwarts, não sei se estou preparada para a batalha que está por vir, não sei se será o dia mais feliz ou mais triste da minha vida, não sei o que será de mim depois de sair da sala do cinema deixando uma parte da minha vida para trás e sabendo que nunca mais voltarei lá com a expectativa de reencontrar meus melhores amigos Ron, Harry, Hermione para viver outras aventuras. Sei que tudo que tem um começo tem que ter um fim, eu só não achava que iria ser tão rápido assim… 10 anos desde o primeiro filme e para mim foi como se fosse ontem, eu também não imaginava que iria ficar tão triste por o fim de uma saga, a verdade é que para mim não é apenas uma saga, para mim é uma parte da minha vida, é um mundo em que eu vivo e viverei sempre. Para mim Harry Potter não irá acabar, a unica coisa que irá acabar é a continuação dos filmes mas a magia continuará dentro de mim. A magia só irá acabar quando o coração do ultimo Potteriano parar de bater, eu acredito nisso. Que venha 15 de julho, com lágrimas, sorrisos, amores, emoções, batalhas e muita magia.
Mal feito, feito! 

terça-feira, 12 de julho de 2011

Semana Harry Potter


Hogwarts : 
Terrenos: Cabana do Hagrid, Campo de Quadribol, Floresta Proibida, Salgueiro Lutador, Portões de Hogwarts, cerca dos Hipogrifos, Estufas de Herbologia, Aula de Voo, Círculo de Pedra e Ponte Coberta.
Masmorras: Sala de Poções, Sala de Filch, Sala Comunal da Sonserina e Cozinhas, Sala onde estava guardado o Espelho de Ojesed.
Térreo: Hall de Entrada, Salão Principal, Pátio Pavimentado, Passadeira e Arco de Ouro e Salão de Duelos.
Primeiro Andar: Sala de História da Magia, Sala de Tranfiguração, Ponte de Pedra, Pátio da Transfiguração, Entrada da Passadeira.
Segundo Andar: Sala de Feitiços, Banheiro da Murta que Geme e Entrada da Câmara Secreta, localizada na pia do Banheiro da Murta.
Terceiro Andar: Sala de Defesa Contra as Artes das Trevas, Sala dos Troféus, Ponte Suspensa, Corredor Escuro 
Quarto Andar: Ala Hospitalar, Biblioteca, Torre do Relógio e Entrada para o Gabinete do Diretor.
Quinto Andar: Banheiro dos Monitores, Topo da Torre do Relógio, Sala de Estudo de Trouxas.
Sexto Andar: Sala de Aritmancia, Sala de Runas Antigas e Sala Comunal da Grifinória.
Sétimo Andar: Sala Precisa, Sala de Adivinhação, Torre de Astronomia e Sala Comunal da Corvinal.
Subsolo: Sala Comunal da Lufa-Lufa, Cozinhas e Reservatório de Poções.

                                       Tudo isso fez parte da minha infância e adolescência e é especial para mim, como também para todo os Potterianos.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Semana Harry Potter



Me diz, quem é que vai conseguir esquecer, da perseverança, da fidelidade de Harry Potter, da sensibilidade e inteligência extraordinária de Hermione Granger, das caretas, o teimosismo, e a amizade de Ronald Weasley, das divertidas brincadeiras de Fred e George, do coração imenso de Rúbeo Hagrid, da confiança transmitida por Alvo Dumbledore, da rigorosa professora Minerva Mcgonagall, do intimidador professor Severo Snape, da maldade de Draco Malfoy, da revira volta de Neville Longbottom, do jeitinho meigo de Luna Lovegood, da doçura de Gina Weasley, da linda Cho Chang, da coragem de Cedrico Diggory, do atrapalhado, porém salvador Dobby, do irritante Duda Dursley, aliás de todos os Dursley, das três cabeças de Fofo, da linda coruja Edwiges, da completamente maluca Bellatrix Lestrange, do companheirismo de todos os Weasley, do amor dos Potter, do quadro da mulher gorda, do amor de Sirius Black, do rato Perebas, dos poderosos feitiços, das aulas realmente mágicas, e até mesmo daquele que deixou uma marca na testa de Harry, Voldemort, de, principalmente, a melhor escola de todas, Hogwarts, quem é que vai esquecer? Quem é que consegue esquecer tudo issoO que realmente amamos não é preciso tirar de nossos corações. E é por isso que a mágica jamais sairá de nossos corações Potterianos.

domingo, 10 de julho de 2011

Semana Harry Potter


A partir de amanhã, até o dia 17/07 os post's serão dedicados a saga Harry Potter, que está chegando no fim e virando uma lenda. 

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Razão.



Tudo era tão perfeito que nem estranhei quando acabou. Você com aquele papo de que eu te ensinei muitas coisas, que nunca vai me esquecer. Só podia dar em algo: no fim. Sofri muito porque realmente te amava. Mas, como tudo nessa vida passa, passou. E agora você vem e traz tudo de volta. Só que agora, talvez eu não queira sofrer novamente. Seu caráter é duvidoso, e seu amor por mim mais ainda. Não quero voltar ao começo, você bem sabe que se voltarmos, o fim pode ser pior. Dessa vez, escolhi ficar com a razão, e não com o coração.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Teus olhos



E se eu disser que teus lindos olhos castanhos já me hipnotizaram, fazendo com que eu nunca esquece-se deles, você acreditaria? Pois é, ele não saem da minha cabeça, como teu sorriso também não.
E olha eu aí, mas uma vez se entregando nos laços do amor. Um amor que apenas eu sinto. Um amor que eu sei que será sentido apenas por mim.
E quando dizem que a gente se apaixona por quem menos esperamos, é verdade, pois não estava nos meus planos começar a gostar de você.
Mas tudo bem, porque é bom se ter mais um motivo para viver. Um motivo para levantar da cama e mais tarde ver seu rosto.
E mesmo que você não perceba nada, o que talvez será até melhor, estou aqui. Sempre olhando-te do meu canto. Respirando fundo. E esperando a hora chegar para eu te dar um beijo no rosto e começarmos a conversar, mesmo que seja sobre coisas banais e sem sentido. Afinal, esse sem sentido pode um dia fazer total sentido, e quem sabe para ambos ainda.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Minha infância,


Quando era criança não tive blackberry, iphone, nem Wii, nem Play, muito menos Xbox. Eu brincava de esconde-esconde, pega-pega, queimada. Só ia para casa quando escurecia. Minha mãe não me ligava no celular, só gritava: PRA DENTRO! Jogava com amigos descalça e na terra e não existia esse tal de gel antibactericida! Que infância boa! Bem, eu já tomei banho de mangueira e ainda estou viva.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Para ser feliz


Existem momentos na vida que é necessário excluir pessoas, apagar lembranças, jogar fora o que machuca, abandonar o que nos faz mal, se libertar de coisas que nos prendem, olhar para frente e enxergar a imensidão de caminhos ao nosso redor ao invés de insistir sempre no mesmo erro e na mesma dor...
Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e principalmente a gostar de quem gosta de você. Não desista jamais e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz.

Post dedicado a Marcos ;)

terça-feira, 28 de junho de 2011

Adolescência


Uma das fases mais difíceis da adolescência, é a descoberta do amor. Aquele primeiro amor que achamos que vai ser para sempre. Fase das promessas, que um dia acabam sendo quebradas. Época de noites sem dormir pensando em alguém. Saudade imensa, arrependimentos, muito amor para dar e pouca pessoa para receber. Sorrisos falsos, momentos inesquecíveis, quedas, tristeza, incertezas… É da adolescência que levamos as melhores lembranças e não é preciso ser velho para saber disso. É da adolescência que levamos os amigos verdadeiros e é na adolescência que conhecemos o amor verdadeiro ou pelo menos aquele amor inesquecível.

domingo, 26 de junho de 2011

Jumping


E lá estávamos nós, olhando aquelas lindas e fofas crianças, que apesar de serem novas, carregavam algo muito grande e ruim. Tão lindas elas, e tudo o que queriam era um pouco de carinho, no qual tentávamos dar no pouco tempo que tínhamos com elas.
E em meio a tudo aquilo veio uma menina com uma corda e um sorriso estampado no rosto, um sorriso lindo e logo lá estávamos nós pulando felizes com elas. Fazendo elas se divertirem e esquecer um pouco do passado.
Como também esquecendo do nosso. Voltei a ser criança, esqueci minhas responsabilidades, minha unica preocupação era não pular certo corda, a qual aquelas lindas crianças batiam para mim.
Voltei a cantar as cantigas junto com elas, me divertindo como se voltasse a ter 5 anos. Foi bom.
E agora saudades levo no peito daqueles lindos sorrisos e da alegria contagiante daqueles pequeninos, que já tem uma historia e tanto, aguardando algum dia em que possa voltar lá e dar um abraço em todos novamente.

sábado, 25 de junho de 2011

Não pense que é o fim do mundo só porque você não vai a uma festa, ou se não tem dinheiro, ou se suas notas não são as melhores, mais pense que o dia de amanhã nunca é o mesmo de ontem, que as gotículas de aguá da chuva não caem sempre no mesmo lugar, que Deus nunca erra! Afinal, Você nasceu porque vai ser importante para alguém, você nasceu por um propósito ... brilhar, qualquer uma brilha, do seu jeito, na sua hora . Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade. Não chore por coisas vagas, porque chorar,choramos ao nascer porque chegamos a este imenso cenário de dementes.É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que com a ponta de uma adaga.Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar. Haja antes de falar e fale de acordo com os seus atos,não corra das punições e nem dos castigos, mas fique com vergonha do que fizeste e não do que quiseste fazer.
Se o sol não brilha, acenda uma vela na escuridão.Se não consegues ouvir se quer um zumbido, permaneça em silêncio e a voz de seus amigos tu escutaras. O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade.Cada qual sabe amar a seu modo; o modo, pouco importa; o essencial é que saiba amar.Creia em si, mas não duvide sempre dos outros.Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento.Não levante a espada sobre a cabeça de quem te pediu perdão, porque errar é humano e perdoar mais humano ainda!