domingo, 16 de outubro de 2011

Diferente


Sou eu, a Rapha, a mesma Rapha. Talvez um pouco mais retardada, um pouco mais criança e mais madura ao mesmo tempo. Sou ainda aquela Rapha que tu conheceste, talvez agora mais sábia, com um novo jeito de olhar o mundo e pensar, com um novo jeito de fazer perguntas e achar respostas para elas. A mesma Rapha, um pouco mais diferente, mas ainda sou eu. O fato é que mudei, diversos foram os motivos. Na verdade todos mudam, cada um tem seu motivo. Mudar ou não, ás vezes você nem tem escolha... Mas sempre que mudar não perca o que você tem de melhor, seja o seu melhor o que ás pessoas consideram defeitos, "porque no final das contas, tudo isso define quem você é"

Nenhum comentário:

Postar um comentário