terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2014 !


Mais uma vez um final de ano chega e a esperança de que ano que vem seja melhor que este, só aumenta. Fazendo uma retrospectiva de 2013 sei que comecei este ano muito “bem” com lágrimas nos olhos. Desliguei-me um pouco de tudo e liguei o foda-se para muita coisa. Experimentei sensações. Fiz novas amizades, me desfiz de outras. Encontrei um novo amor e voltei a ser que eu era. Joguei-me, como um tiro no escuro, mas acertei o alvo. Preocupei-me a toa, quebrei laços de anos, aproximei pessoas, dancei, pulei, chorei e sorri. Quase fiquei louca, mas no final fiquei bem. Saí, me diverti, fiquei triste e alegre. Recebi apoio de quem amo e aprendi novas coisas. Conheci novos lugares, passei a detestar outros. Li novos livros, prestei vestibulares, andei com dúvidas e achei meu caminho. Neste ano tive perdas e ganhos, talvez balanceados ou com “ganhos” tendo uma leve vantagem. Que ano que vem venha com muito mais experiências, momentos e felicidades. Que venham mais sorrisos, do que lágrimas. Que 2014 me surpreenda.

Raphaela Barreto 

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Crer

As pessoas precisam acreditar em alguma coisa para poderem levantar da cama. Não importa se é no cristianismo, espiritismo, hinduísmo ou budismo, o importante é crer em algo. Certa vez ouvi dizer que religião gera guerra, não é a religião que gera guerra, e sim a ignorância do homem. Algumas pessoas simplesmente não sabem aceitar outra cultura, há um Deus, que pode ser atendido por diversos nomes, por que não? Ou então nações inteiras seriam condenadas porque nós temos uma cultura diferente deles – pouco sensata essa afirmação. Todos sabem o que é certo e errado, qual caminho seguir e onde a felicidade de cada um se encontra, por que não seguir em direção ao que queremos? Cada um tem que ser livre para ir e vir, e acreditar naquilo que acha certo, e acima de tudo, ser grandiosamente feliz.

Raphaela Barreto
Maio

domingo, 29 de dezembro de 2013

Crianças

A chuva era constante lá fora, nem forte e nem fraca. O céu acinzentado e o uivo do vento revelava o pouco frio que assolava as ruas. Em minha frente perto da lareira lá estava ele, usando a camisa xadrez que eu dera de presente a ele em tempos remotos. O olhar cálido e verde me encarando revelava o desejo ardente de nossa pele, mas ainda não era hora. Levantei-me e fui em sua direção sorrindo, ele retribuiu o sorriso e mesmo depois de tanto tempo havia um descompasso em meu coração ao olha-lo sorrir. Peguei-lhe a mão e ele sem questionar, me seguiu até fora de casa. A chuva empapava nossas roupas, cada gota gelada revigorava e então brincamos de ser crianças uma ultima vez.

Raphaela Barreto
Abril

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Pontes Indestrutíveis - CBJR

Buscando um novo rumo, que faça sentido nesse mundo louco, com o coração partido, eu tomo cuidado pra que os desequilibrados não abalem minha fé pra eu enfrentar com otimismo essa loucura. Os homens podem falar, mas os anjos podem voar, quem é de verdade sabe quem é de mentira, não menospreze o dever que a consciência te impõe, não deixe pra depois, valorize a vida. Resgate suas forças e se sinta bem, rompendo a sombra da própria loucura, cuide de quem corre do seu lado e quem te quer bem, essa é a coisa mais pura. Fragmentos da realidade, estilo mundo cão, tem gente que desanda por falta de opção. E toda fé que eu tenho, eu tô ligado que ainda é pouco. Os bandidos de verdade tão em Brasília tudo solto. Eu faço da dificuldade a minha motivação, a volta por cima vem na continuação, o que se leva dessa vida é o que se vive, é o que se faz, saber muito é muito pouco, "Stay Will" esteja em paz. Que importa é se sentir bem, que importa é fazer o bem, eu quero ver meu povo todo evoluir também. [...] Prosperar também. Resgate suas forças e se sinta bem [...] Difícil é entender e viver no paraíso perdido, mas não seja mais um iludido, derrotado e sem juízo [...] Viver, viver e ser livre, saber dar valor para as coisas mais simples, só o amor constrói pontes indestrutíveis.

Pequena homenagem ao Chorão, que em 06/03 foi para uma melhor - ou não.
Esta é uma de minhas musica preferidas dele, tentaria descrever o que penso ao ouvir a música,

mas é mais fácil que vocês leiam e entendam por si só. E então, hoje, o mundo se despede fisicamente de um dos maiores musicitas e compositores que já existiu no Brasil, porque na verdade dizer adeus a gente nunca vai, essas músicas e a memória dele sempre estarão dentro de nós.

Março.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tempestade

Ela sabe que vai se machucar, sabe que vai doer e que vai ser mais uma cicatriz junto com tantas outras, como também sabe que ele não vale sequer nenhuma lagrima caída no travesseiro no final de um dia. Mas o amor é assim, não é? Um tiro no escuro, quebrar a cara algumas vezes até perceber que não vale mais a pena usar aquela pistola para atirar. Acorda menina boba, o café já esfriou faz tempo, não insista em lâmpada queimada, dizer adeus dói, mas é na dor que grandes pessoas se formam e já chega de ser pequena. Vamos lá, seu coração novo tem muito que aguentar ainda, coloca o teu melhor vestido, passa o melhor batom e sai sorrindo por ai, abrace o mundo que ele te acolhe, antes do nos perdermos sempre somos achados, o sol nasce amanhã e tudo fica bem, só acreditar e ter fé, a tempestade sempre passa.

Raphaela Barreto
Fevereiro.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Raro

Sabe, sou daquele tipo de pessoas que vai sempre estender a mão a um amigo, não importa o quão frágil eu esteja. Sempre meu ombro estará disponivel. Sempre um abraço estará pronto. Não suporto ver as pessoas ao meu redor tristes, mesmo que eu não conheça-a muito bem. Sempre faço de tudo para ver os outros felizes quando estão para baixo, mesmo porque, eu sei o peso de um "vai ficar tudo bem" quando seu mundo está desmoronando.

Raphaela Barreto
Janeiro.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Retrospectiva 2013

Olá leitores,

A partir de amanhã estarei fazendo  uma retrospectiva deste ano, vou postar os textos de cada mês que foram mais lidos. Relembro momentos, sentimentos, falhas e vitórias. Se algum momento foi especial para você e você o transformou em texto, só colocar o link do texto no comentário que eu estarei publicando aqui com seus créditos. 

Um ótimo 2014 a todos! 
Que momentos felizes venham com mais frequência. 

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Falando em paixão, acabei com as sapatilhas no pé


Imagine sua maior paixão, seu sonho de infância, um mundo alternativo, uma utopia difícil de ser conquistada, mas não impossível. Imagine um dos motivos do seu bem estar, algo que você goste, que te complete, que renove sua alma, limpe sua mente e deixe pensamentos bons. Imagine-se uma pessoa melhor, capaz de fazer aquilo que quer e ir atrás dos seus sonhos. Imagine-se renovado. Pense em algo que vá te fazer sentir especial, transbordando felicidade e êxtase. Agora, vá atrás disso e se já tens, não deixe escapar. O motivo deste pequeno texto? Por que é assim que me sinto dançando – as dores musculares, os calos nos pés, os tombos e o cansaço valem a pena quando posso desfrutar poucas horas desta minha pequena utopia. 

Raphaela Barreto

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

[Resenha] O que é magia - João Ribeiro Junior

No livro o que é magia de João Ribeiro Junior entendemos o que é magia e quais são suas práticas. Ao contrário do que muitas pessoas pensam não existe somente magia negra, mas magia branca também. Vemos que quem pratica magia, é o mago, que não passa de um homem comum em busca de conhecimento, sabedoria e equilíbrio com o universo –“O objetivo da magia é o conhecimento integral do homem” – Conhece-te a ti mesmo. Bruxos praticam bruxaria e feiticeiros, feitiçaria – ambas usando mais desejos carnais. Como tudo no mundo, para o lado do bem, existe o mal, ou seja, existe o culto a Deus e o culto aos demônios também. Aprendemos sobre o que é ocultismo e o que ele significa para um mago. A escrita do livro é mais técnica, mas não difícil de ser compreendida. Recomendo o livro para quem quer entrar ou conhecer este mundo de mistérios.

Capítulos: As singularidades particularidades da magia; As modalidades mágicas; As práticas mágicas e os símbolos, Magia e religião, Magia e Ciência; Amor e sexo segundo a magia; e Indicação para leitura.

Páginas: 50.


Nota: 3 estrelas. 

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Dê-me



Dê-me um beijo,
Faça-me um carinho,
Coloque-me para dormir.
Sussurre em meu ouvido,
Diga que me ama,
E me abrace forte.

Dê-me chocolate,
Um banho quente,
Cheio de espuma.
Enrole-me na toalha,
Sussurre em meu ouvido,
De novo,
Deite-me na cama,
Beije-me.
Faça carinho em mim,
Sussurre,
Se movimente.
De novo.

Dê-me você,
Por inteiro,
Com suas metades,
Que completam as minhas.
Sussurre em meu ouvido,
De novo,
Eu digo que te amo,
E te abraço forte.

Dê-me chocolate,
Dou-te um banho quente,
Cheio de espuma,
Enrolo-te na toalha,
Sussurre em meu ouvido,
De novo,
Deito-te na cama,
Beijo-te,
Faço-te carinho,
Sussurre,
Me movimento,
De novo.

Complete-me mais.
Juntos,
Nós dois.
De novo,
Sempre.
Sussurre:
Eu te amo.

Eu também te amo. 

Raphaela Barreto

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Bem estar de um abraço


A duração média de um abraço entre duas pessoas é de 3 segundos. Mas os pesquisadores descobriram algo fantástico. Quando um abraço dura 20 segundos, há um efeito terapêutico sobre o corpo e mente. A razão é que um abraço sincero produz um hormônio chamado "oxitocina", também conhecido como o hormônio do amor. Esta substância tem muitos benefícios na nossa saúde física e mental, ajuda-nos, entre outras coisas, a relaxar, produz o sentimento de segurança e acalmar nossos medos e ansiedades. Este maravilhoso calmante é oferecido de forma gratuita cada vez que temos uma pessoa em nossos braços, uma criança, nossos bichos de estimação, quando estamos dançando com o nosso parceiro, quanto mais nos aproximamos de alguém ou apenas manter a firmeza de um ombro amigo.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

[Resenha] Brida - Paulo Coelho

Neste livro Paulo Coelho nos conta sobre a iniciação1 de Brida – uma mulher que ele conhece na Irlanda e quem tem uma história fascinante. Brida é uma jovem comum, que teme enfrentar o seu destino, mas ao contrário de alguns, ela o enfrenta e atinge o que queria. Em Brida, encontramos mistérios e segredos da Tradição do Sol e da Tradição da Lua, que vem sendo passados de geração em geração desde os antigos celtas. Aprendemos também sobre nossa Outra Parte2, sobre magia e bruxaria e ao contrário do que muitos pensam tais assuntos não envolvem cultos a demônios, e sim comunhão com Deus e a natureza. Nos envolvemos também em um romance, o que deixa o livro mais interessante e lemos algumas coisas sobre o sexo também. Em mais um clássico de Paulo Coelho, passaremos a ver o mundo de outra forma, a aprender ouvir o mundo e nossa alma e olhar sempre para horizonte. Como fã, leitora e crítica, recomendo este livro, ele realmente vale a pena ser lido.

Pág: 286.

Nota: 5 estrelas.

1 : Iniciação é o processo pelo qual a discípula passa para se tornar efetivamente uma bruxa e posteriormente uma mestra.

2: Outra Parte é nome que se dá na religião Wicca para a Alma Gêmea. Segundo a bruxaria quando reencarnamos nossa alma é dividida em dois, uma parte masculina e outra feminina, essas novas partes se dividirão e assim sucessivamente. Com todas essas divisões ficaríamos fracos, obviamente, então como missão temos que encontrar essa Outra Parte durante nossa vida, formando novamente um só. Para os bruxos experientes é possível reconhecer a Outra Parte através de uma pequena esfera brilhante em cima do ombro esquerdo da pessoa, para as demais pessoas, de qualquer religião, é possível reconhecer nossa Outra Parte através do brilho dos olhos (algo que foi sempre falado, mas tido como banal). Somos muitos espalhados pelo mundo e então podemos encontrar mais de uma Outra Parte em uma reencarnação. [Este assunto é um dos que mais chamam a atenção neste livro.] 

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Notinha



Gostaria de agradecer a todos que participaram da promoção Seu Cantinho no Meu, obrigada. Tenho certeza que todos adoraram os textos aqui publicados. E como dito vamos aos ganhos. Os textos mais comentados, foram:
  1.        Onde cantam as cotovias – André Foltran (6 comentários)

Então, parabéns ao André que terá o blog divulgado em meus outros três blogs + redes sociais. A partir de hoje começa a enquete, com nome autoexplicativo “Qual textos vocês mais gostaram?” que ocorrerá até o dia 13/01/2013, lembrando que o que obtiver a maioria dos votos ganhará um mês de destaque aqui no My Life, com publicações de dois textos em meus outros blogs + divulgação nas redes sociais. Ao finalizar a enquete, já começo com a divulgação. Boa sorte a todos e mais uma vez muito obrigada por participarem da promoção e trazerem um pouquinho da vida de vocês para o meu cantinho.

Acima está o selinho da promoção, todos têm o direito de pegar.
Obrigada,
Raphaela Barreto


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Sou totalmente reticencias quando se trata de ti



Não encontro mais as palavras perfeitas, não consigo mais descrever em meras e simples especifidades o que meu corpo tremula, palpita, queima e suspira quando sente o toque da sua mão ao em acariciar. Sou uma completa boba ao seu lado, me deixando levar a cada sorriso irradiante que sai de seus lábios direcionados a mim.
Só vejo a hora de poder chegar em casa e te ter, te abraçar, te amar.
Não pude evitar, minha vida é tomada por cada centímetro seu. Sou de corpo e alma sua, toda sua!
Somos perfeitos embriagados dançando durante a madrugada pelas ruas, com as luzes tendo como foco nossas silhuetas, que se desfazem neste amor fadado a ser eterno.
Isso não é só sexo, só pele, só desejo, é o desejo da pele, do sexo e de algo mais. Aquilo que saliva a boca, mas também arrepia a espinha, é saber que cada parte do meu corpo que se excita, também é parte da que te cuida quando doente, que te ajuda quando necessitado.
E eu me/lhe pergunto que ato é mais intenso do que o amor entre quatro paredes, demonstrando não só a sacanagem, mas as caricias... é disso que eu falo...
Dessa loucura incessante que habita meu peito, minha mente, meu corpo...
Sou totalmente reticencias quando se trata de ti.

Texto da Beatriz Eliza, Etc & Tal.
O amor faz isso conosco, não é?
Lindo.
Recomendo.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Criança




                                                                 Fui uma criança feliz,
e meu desejo é que todos pudessem

sentir a alegria que eu tive.
Criança não tem maldade...
Criança fala e escreve o que sente...
Criança tem um sorriso sincero...
Criança é alegria e expontaneidade.
Espero ter deixado na minha alma
um pouco da criança pura e sincera
que sempre fui.

Que cresçamos, mas nunca esqueçamos a magia de ser criança.
Poema da Beki Bassan, do blog Reflexões.
Recomendo.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Esperança!


Alguns males não necessitam de cura, mas de esperança! 

Maria Claro de Lira, do blog: Em cada cor diferente que tente me clarear.
Incrível como em tão poucas palavras ela disse tudo.