segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Raro

Sabe, sou daquele tipo de pessoas que vai sempre estender a mão a um amigo, não importa o quão frágil eu esteja. Sempre meu ombro estará disponivel. Sempre um abraço estará pronto. Não suporto ver as pessoas ao meu redor tristes, mesmo que eu não conheça-a muito bem. Sempre faço de tudo para ver os outros felizes quando estão para baixo, mesmo porque, eu sei o peso de um "vai ficar tudo bem" quando seu mundo está desmoronando.

Raphaela Barreto
Janeiro.

Um comentário:

  1. Gostei desse pequeno texto o/ me percebi algumas vezes, também sou assim, ajudo mesmo que seja eu quem esteja precisando o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir