quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Tempestade

Ela sabe que vai se machucar, sabe que vai doer e que vai ser mais uma cicatriz junto com tantas outras, como também sabe que ele não vale sequer nenhuma lagrima caída no travesseiro no final de um dia. Mas o amor é assim, não é? Um tiro no escuro, quebrar a cara algumas vezes até perceber que não vale mais a pena usar aquela pistola para atirar. Acorda menina boba, o café já esfriou faz tempo, não insista em lâmpada queimada, dizer adeus dói, mas é na dor que grandes pessoas se formam e já chega de ser pequena. Vamos lá, seu coração novo tem muito que aguentar ainda, coloca o teu melhor vestido, passa o melhor batom e sai sorrindo por ai, abrace o mundo que ele te acolhe, antes do nos perdermos sempre somos achados, o sol nasce amanhã e tudo fica bem, só acreditar e ter fé, a tempestade sempre passa.

Raphaela Barreto
Fevereiro.

2 comentários:

  1. Nem sempre é fácil dizer adeus...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga.

    Meu desejo para os que habitam
    o meu coração,
    é um mergulho no tempo,
    onde cada dia,
    é um dia de ano novo,
    e cada sonho,
    uma senha a ser descoberta,
    nesta caminhada rumo a alegria.

    Muito obrigado por sua amizade.
    Que sejamos e façamos felizes a cada dia.

    ALUÍSIO CAVALCANTE JR.

    ResponderExcluir