sexta-feira, 7 de março de 2014

[Resenha] O Cavalo e seu Menino - As Crônicas de Nárnia


Em O cavalo e seu Menino vemos a história de Shasta, uma garoto que vive na Calormânia com o seu “pai” – mas ele não acredita ser filho deste. Em sua terra todos são morenos e ele é branco, o que deixa sua origem suspeita das terras do Norte. Com a chegada de um grande senhor em seus aposentos, seu “pai” decide vender Shasta, e este antes que seja levado, na madrugada foge com o cavalo falante do grande senhor, cujo nome é Bri e fora raptado ainda pequeno de Nárnia. Juntos começam uma cavalgada para as terras do norte, e se encontram com Aravis, uma princesa que também está fugindo para Nárnia pois não quer se casar, e Huin, a égua falante de Aravis que também fora raptada de Nárnia ainda pequena. Juntos, os quatro, partem para Arquelândia (onde mais um passo e estarão em Nárnia), claro que no caminho acontecem muitas aventuras, como o encontro de Shasta com o Rei Edmundo, a Rainha Lucia, e Corin. Descobrem também um ataque surpresa que o príncipe de Tashbaan quer fazer a Arquelândia para buscar a Rainha Susana a força e obriga-la a casar-se com ele. Logo retomam a viagem tentando chegar o mais rápido possível em Arquelândia e avisar o rei sobre o ataque surpresa. Quase chegando em seu destino final, Bri, Huin e Aravis são machucados e ficam no templo de um eremita, enquanto Shasta continua o caminho sozinho e chega a tempo de avisar o Rei sobre o ataque. Claro que Aslam também aparece no meio da história, mas as aparições Dele devem ser lidas no livro. No final Shasta descobre sua verdadeira linhagem (sim, ele é das terras do Norte e seu nome não é Shasta, e sim Cor), Huin e Bri conseguem viver em Nárnia, e Aravis... bem, só lendo para saber.

Pág: 102.

Nota:
5 estrelas.

Um comentário: