terça-feira, 1 de abril de 2014

Um pouco clichê


As pessoas costumam ter uma ideia errado sobre o que é o amor, mesclado a um pouco de fantasia. Idealizam a pessoa perfeita e muitas vezes acabam quebrando a cara. Amor é acordar de manhã toda descabelada e ouvir um bom dia seguido de um beijo, é fazer o café da manhã para o filho, é brigar pela décima vez, é aceitar os defeitos e tentar melhora-los, é dar um abraço em seus pais, é uma troca de olhares intensa, é fazer aquilo que ama. Amor é se olhar no espelho e se sentir bem consigo mesmo, é achar em si motivos para sorrir e usar desse motivo para fazer os outros sorrirem. O amor está contido em cada pequeno detalhe, no brilho dos olhos, no sorriso de uma criança, no gargalhar de um bebê e no acelerar de um coração. O amor está contido em qualquer lugar, mesmo que seja uma centelha, mas nem todos são capazes de enxergar, e para completar: “Porque amar é uma arte, e nem todo mundo é artista” (Renato Russo).

O tema sugerido foi amor, pela Bell do blog Meus Segredos
É meio difícil falar de amor sem ser clichê.

6 comentários:

  1. Oi Rapha

    Que legal amei!!!!
    Ficou perfeito.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. O amor tem sempre coisas a descobrir.

    Uma linda reflexão, a tua.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Amor nós sentimos e já mais fazermos, amei o texto esta perfeito.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  4. ta ai uma coisa difícil de definir... :))

    ResponderExcluir
  5. Tentei te deixar bem próxima de vencedora...rsrs Votei 20 vezes!

    ResponderExcluir
  6. Concordo, flor... o amor não é como uma fantasia. Você escreve muito bem. Amei seu texto. beijinhos

    ResponderExcluir