terça-feira, 21 de agosto de 2012

Belos Horizontes




Me guardo em caracóis,
No interior de uma casca bonita.
Dentro uma saudade, uma lágrima,
Um sorriso teu.
Pensamento confuso,
Marcas do nosso inverno.
Satisfação em me reconstruir,
Me refaço e sem ter conhecimento, ouço a tua voz...
Inventando uma direção,
Que não seja tão distante do meu trilho.
Caminhando pelos belos horizontes,
Sinto-me ao teu lado.
E o brilho que ilumina cada vez mais o escuro,
Persiste atentamente quando necessário;
Aguardando sem pressa o embalo do encontro 'eterno'...
Te esperando.
A distância.
Ao que se parece escuro.
Aos sentimentos.

Poema da Tatiane Salles do blog: "Só Para Dizer..."
Maravilhoso este poema, gostaria de ter esse talento de escrever tais coisas.
Parabéns.

4 comentários:

  1. Rapha!

    Um belo poema da nossa amiga Tatiane Salles.. Uma escrita muito bonita que esconde sentimentos e ações com uma forma muito maravilhosa.

    Em todo caso, gostaria de te agradecer. Vi meu poema aqui no blog, fiquei muito feliz. De verdade. Um grande beijo, com carinho,

    Pedro Menuchelli

    ResponderExcluir
  2. lindo poema
    parabéns pela escolha.
    linda noite bjs

    ResponderExcluir
  3. ótima escolha
    esse poema é muito lindo!

    bjos!

    ResponderExcluir
  4. Me refaço e sem ter conhecimento, ouço a tua voz...
    Inventando uma direção,
    Que não seja tão distante do meu trilho [...]
    peerfeito este poema , realmente ótima escolha..

    ResponderExcluir