domingo, 5 de janeiro de 2014

Felicidade

Ela estava esperando por aquele momento a noite toda, ela sabia que a hora iria chegar, e ria e sorria com a timidez dele. Os dois se olhavam e ela se perdia naqueles olhos grandes e castanhos e o envolvia com seus braços. No ultimo minuto, antes de ela ter que ir embora, ele a puxou pelo braço e perguntou a tão esperada pergunta, sim – disse ela sorrindo transbordando de alegria. Mil vezes sim. Um eu te amo passou dos olhos para a boca e um sorriso brotou enquanto os lábios de ambos estavam colados um no outro. Nem mil sorrisos poderiam traduzir o coração dela enquanto ela ia embora, mas sabia que em breve voltaria a vê-lo.

Raphaela Barreto
Setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário