segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Presença


Olhei a lua, esvaziei a mente e tentei esvaziar a segunda também. Aos poucos fui sentindo a grandeza do mundo, e que mundo! Senti a brisa tocar meu rosto e meus pelos se eriçarem – eu podia sentir. Meus olhos se encheram de lágrimas, eu sabia que era observada, só tinha que vencer o medo. São maravilhosas as coisas que Deus faz e eu sabia que não estava sozinha ali. É incrível os segredos que existem entre o céu e a terra, entre o amor e a dor, entre avida e a morte. É incrível ver como Deus nunca falha. 


Raphaela Barreto
Para quem leu "As Valkíras" de Paulo Coelho, certamente entenderá. 

2 comentários: