segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Amar


Amar é uma confissão. Amar é justamente quando um sussurro funciona melhor que um grito. Amar é não ter vergonha de nossas dúvidas, é falar uma bobagem e ainda se sentir importante. É lavar louça e nunca estar sozinho. É arrumar a cama e nunca estar sozinho. É aquela vontade danada de andar de mãos dadas durante o dia e de pés dados durante a noite.

-Fabrício Carpinejar

2 comentários:

  1. Bela escolha, meu conterrâneo Carpinejar realmente ele brinca com sentimentos e expressões em forma de poemas, gosto de ler suas crônicas e contos na Zero Hora, é um camarada com grande intuição, pra vc amiguinha bjos, bjos e bjossssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Amar, amar e amar. Amar sem medidas, se restrições, sem limites. Amar porque alivia a alma, faz bem ao corpo, refrigera as medidas. Amar porque não tem sentido e tem todo o sentido do mundo. Amar é tudo isto e mais um pouco. Lindo post, adorei. Sensível, sincero e delicioso. Um verso de carinho.

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir