quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Á verdade .


Só queria que as coisas fossem diferente. Que algumas coisas voltassem a ser como era antes. Que você pudesse sorrir quando chego em casa.
Que você notasse que eu não sou mais uma garotinha de dez anos e que não devo ser tratada como uma. Não sou mais criança e tambem não sou adulta. E nesse meio termo preciso de carinho. Um carinho que tu não esta conseguindo me dar. Um carinho que estou começando a procurar em outras pessoas. Especificamente em uma.
Sinto muito se não tenho correspondido suas expectativas, mas não sou algo que você pode controlar.
Quem sabe um dia eu possa entender os seus atos, mas por hora me pergunto apenas porque age desta forma. E esta forma de agir esta me irritando, me estressando e me cansando. Não sei quanto tempo mais posso suportar.
Aguentei cinco anos calada e talvez ainda possa aguentar mais três. Talvez. E se não conseguir aguentar, a minha solução não será porque fui fraca e sim porque tive coragem de fazê-la.
Muitas ficariam calada, mas não dizer nada esta piorando as coisas aqui dentro. Quando eu abrir a boca, as coisas vão acontcer. E se nada eu dizer, provavelmente durante três anos tu não irá me ver.
Sinto muito [d][a][d],
Mas esta é a verdade.

2 comentários:

  1. Sinta-se apoiada por aquela que não te entende completamente, mas se esforça para compreender uma pequena parte do que você sente.

    Beijos de uma menina sincera (:

    ResponderExcluir
  2. Obrigado , um dia talvez consiga me entender, um dia até mesmo eu me entenda por completa .

    Beijos

    ResponderExcluir