segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Para sempre


Todas as noite, quando fecho os olhos me pego pensando em ti.
Todo dia sou surpreendida por meus devaneios, em qual todos você está.
Será isto normal? Ou apenal algo normal do começo de algo? Bem, não sei responder, mas sei que isso me deixa feliz.
Me deixa feliz saber que tem algo para me fazer desligar deste mundo e ir para o outro onde tudo poderá ser perfeito. Onde você está e me faz sentir feliz e viva.
Talvez isso seja passageiro, ou não. Quem sabe dizer, não é?
Só espero que dure o tempo que for para durar e que nesse curto ou longo tempo sejamos felizes. Que quando juntos não sejamos dois, mas sim um. E que quando voltarmos a ser dois, possamos um ajudar o outro. Que eu possa ser o que você sempre quis e que você o que eu sempre sonhei.
E que assim seja para sempre, até o para sempre acabar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário