segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Romance barato


Não, eu não quero a casa desarrumada, eu com seu moletom e nós dois jogados embaixo de um edredom pela sala não se preocupando com nada, isso é coisa de livros, romances baratos e uma utopia qualquer. Eu quero a casa arrumada, a louça guardada, nós dois deitados em um sofá macio, eu usando um baby doll fresquinho com você do meu lado, conversando e relaxando a noite toda depois de um longo dia de trabalho em uma boa empresa - ai sim não precisamos nos preocupar com nada, além de se amar. 

Raphaela Barreto

9 comentários:

  1. Um amor gostoso é o que todo mundo quer.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Já estou cansado de parecer puxa-saco por aqui, mas é incrível como até dos seus textos amor-meloso eu gosto.

    ResponderExcluir
  3. Sim, uma vez me disseram quando eu tinha 18 anos: "A vida não é filme.".

    ResponderExcluir
  4. E é assim que é Bonita
    pois tudo o que mais...são tretas~_*

    xoxo enorme de aqui dos calhaus frios da serra

    ResponderExcluir
  5. Isso sim é fantástico, espero que consigas encontrar esse amor :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  6. E quem não quer isso né Rapha?! Tá dificil de encontrar, mas não é impossível... acredito que tudo vem no tempo certo!

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Uauaauu um texto cheio de realidade, nada poético, o outro lado da poesia, a vida tal qual ela é, gostei do seu viés alternativo da relação, acho q merece beijinhos e beijinhosssssssssssss

    ResponderExcluir
  8. qdo chegar nisso vc vai querer algo mais. :P

    ResponderExcluir