domingo, 28 de abril de 2013

Sentido


E hoje vou pegar minha mochila, meu diário, um bom livro, uns trocados e duas peças de roupas. Vou sair sem um rumo certo com o skate sobre os pés apenas seguindo a linha do horizonte. Vou chegar à praia deserta e sentir o cheiro da maré, vou me libertar. Vou sentir o vento bater em meu rosto e a liberdade pulsar em coração. Os problemas ficaram para trás e só a simplicidade do complexo irá importar. Com um sorriso nos lábios esquecerei tudo e todos e o céu azul vai me mostrar o verdadeiro sentido da vida.

2 comentários: