quarta-feira, 27 de março de 2013

Sufocante


Eu sei como é se segurar e deixar para chorar só quando ligar o chuveiro, assim ninguém percebe. Eu sei como é refletir sobre a vida antes de dormir e se certificar de que ninguém está ouvindo para começar a soluçar.Eu sei como é sofrer tão dolorosamente que as vezes você precisa fingir que vai ao banheiro, ou beber água, apenas para lavar o rosto e se recompor. Eu sei como é ter os olhos úmidos e aquele medo de que não seja forte o suficiente para segurar as lágrimas quando está em público. Eu sei como é sentir aquele nó enorme na garganta, que te sufoca, até que você cede e chora. Eu sei como é sentar na cama, pegar o travesseiro e chorar tanto, mas tanto, que se surpreende com o rio que terá que esconder da sua família. Acredite, eu sei como é tudo isso.

Eu adorei este texto da Patricia.
Todos já passaram por isso, nem que seja pelo menos uma vez.
Lembro me das situações mais recentes, nada que deva ser descrito aqui.

2 comentários:

  1. Obrigada querida pelo carinho, e por ter gostado do meu cantinho tão humilde...
    realmente tem dias que não dá, mais graças a Deus vem outros que temos a oportunidade de sorrir em dobro, e isso é gratificante!

    beijos, e te espero sempre por lá !

    http://momentosdapathy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Lindo e intenso seu texto, realmente já passei por isso e tenho certeza é assim mesmo que fico... Descreveu muito bem a dor que se sente ao tentar esconde-la...
    Parabéns Patricia...
    Parabéns Rapha pelas belas escolhas de texto que tem feito para postar aqui...
    um mais lindo que o outro
    bjo pra vcs
    Su

    ResponderExcluir