sábado, 2 de outubro de 2010

Um anjo

Eu estava fazendo trilha, sozinha. Era dia ainda quando entrei na floresta. Eu havia caminhado cerca de uns 30 minutos quando cai em um buraco qe estava escondido por folhas. Não era muito fundo, mas eu não consegui subir de volta. Não havia nada em qe eu pudesse me segurar ou apoiar e para melhorar meu celular estava fora de area. Eu estava ficando louca lá dentro, não havia nada para mim fazer ou comer. A unica coisa qe me sustentava era agua, agua da chuva! Eu não sei quanto tempo se passou desde quando cai, mas nunca ouvi ninguem chamando meu nome. Então certo dia, ouvi passos, mas não consegui gritar, pois estava muito fraca. Então, de repente um rosto aparece lá em cima , era um garoto. Ele estendeu a mão para mim, eu peguei a mão dele e ele me puxou.
- Meu nome é Pedro - ele disse. Ele era branco, louro de olhos azuis
- Lucia - eu disse - Como você sabia onde eu tava ?- perguntei num susurro fraco
- Há algum tempo atras eu cai aqui, mas consegui sair sem ajuda, desde então, de tempo em tempo eu vejo se ninguem caiu aqui - ele disse e sorriu.
- Obrigado por me tirar daqui - eu disse
- De nada - ele disse. Eu olhei para o céu, ele estava tão azul, havia muito tempo qe eu não o via e então tudo ficou escuro e antes qe eu caísse no chão braços me pegaram. Eu sabia qe não estava morta, pois estava sonhando e sentia um leve movimento de pés embaixo de mim.
O Pedro podia ter muitos inimigos, mas para mim ele era um anjo, meu anjo!

Moral: Podemos ser fortes mas sempre precisarem de ajuda, pois até os mais fortes caiem [...]

Veja tambem outra historia, mas com a mesma moral em:
http://unbrokenheart-mythings.blogspot.com/2010/09/felicidade-chega-quando-voce-menos.html

2 comentários:

  1. e cada um de nós temos nosso próprio anjo... não é ? *-*

    ResponderExcluir
  2. eu qe o diga, UHAUSHAUSHUAHSUAH
    -- só a gnt entende --

    ResponderExcluir