quarta-feira, 20 de junho de 2012

Sem Sonhos


Quem dera ela ficar com a mente vazia. Deixar os pensamentos guardados. Não queria pensar em nada agora. Não queria lembrar de nada agora. Mas é claro que isso seria impossivel, besteira e tolice. Pensamentos não vem com botão deletar muito menos com o "lembrar-me mais tarde". Era por isso que ela queria dormir, esquecer tudo durante algumas horas, evitar o inevitavel, pois sabia que se começasse a pensar, seria sufocada pelos pensamentos e lembranças. Então, para sair desse pesadelo, ela dormiu. Adentrou no inconsciente, numa noite sem sonhos.

Um comentário: