domingo, 12 de junho de 2011

o Amor



O amor é algo difícil de explicar, você amar e ser amado é uma sensação maravilhosa, aí vem aquele friozinho na barriga... Quem nunca amou? Ou se apaixonou? Ah! O amor é um sentimento único.
Quando a gente ama alguém, daríamos tudo para ver aquela pessoa sorrir numa hora triste, faríamos qualquer coisa para vê-lá feliz. E quando amamos somos capazes de perdoar tudo para continuar com aquela pessoa, somos capazes de fazer absolutamente qualquer coisa.
As vezes chegamos a ser julgados por pessoas que vão contra você estar com quem você está, e perguntam se vale a pena, e sim, vale a pena! Não importa se é certo ou errado, o que importa é que você esta() feliz.
Sabe, o amor não é algo que se descreva muito bem, ele é algo para ser sentir. No amor não só amamos as qualidades de uma pessoa, como também amamos seus defeitos.
O amor é magico e estranho ao mesmo tempo, ele faz suas pernas tremerem, seu coração disparar etc.
Bem, o amor é algo para ser sentido, não para ser dito; é algo para demonstrar e não para guardar. Ele é um conjunto de alegrias, lágrimas, interesse, harmonia, amizade e principalmente companheirismo. É o que faz borboletas no estômago, risadas sem motivo, lágrimas tão acidas a ponto de matar ou destrui vidas.
O amor é uma coisa maravilhosa para se sentir, demonstrar e espalhar.



Muito obrigado Sabrina, Ingrissi, Dalila, Dani e Laís, por terem me ispirado.

2 comentários:

  1. Pena que nem todas as pessoas pensam assim, seria melhor se todos soubessem amar o quanto sabem fingir. O amor verdadeiro é unico.

    ResponderExcluir